Iluminação automatizada em sua casa: como funciona?



Hoje fala-se muito sobre iluminação automatizada para residências, mas você sabe como ela funciona? Essa é uma das especialidades da M.A. Saul e, no texto a seguir, iremos explicar todos os benefícios e funcionalidades desta tecnologia que veio para ajudar na rotina e na preservação do planeta. 

Segundo a revista Exame, estudos apontam que a automação pode diminuir entre 10% e 35% do consumo de energia mensal na sua residência. As soluções da automação, entretanto, vão muito além da economia. Entre outros benefícios estão: sustentabilidade, eficiência energética e melhora na qualidade de vida dos usuários.

Na M.A. Saul, trabalhamos com automação de residências utilizando o sistema KNX. Com essa ferramenta, as rotinas diárias podem ser programadas e controladas à distância. Além da praticidade no dia a dia, essas alternativas aumentam a vida útil dos equipamentos domésticos e elétricos. 

É importante ressaltar que a iluminação automatizada é uma ferramenta para complementar o processo arquitetônico, tornado sua casa ainda mais inteligente e conectada. Este modelo de automatização pode ser usado em ambientes externos e internos, possibilitando que edificações operem sem a necessidade de intervenção humana e gerando ambientes mais confortáveis e seguros. 
 

Eficiência energética na iluminação

Outro ponto de destaque causado pela automatização é a eficiência energética que é consequência direta da criação de rotinas personalizáveis nas casas. Definindo horários de acendimento e desligamento e intensidade das luzes, gera-se uma grande economia na conta de luz e aumento da eficiência da iluminação. 

A eficiência energética também é fruto da mesclagem entre a luz natural com a artificial. Embora a luz natural seja necessária e auxilie na regulagem do ciclo biológico, ela não possui uma distribuição constante dentro de ambiente e precisa ser complementada por outras formas de iluminação. Entretanto, nesta compensação as luzes artificiais não precisam estar sempre na mesma intensidade e podem se adaptar com a iluminação externa. 

Ao automatizar sua iluminação, os sensores ficam responsáveis por detectar presença e a intensidade da luz natural no ambiente. Essa pequena mudança, faz com que a energia elétrica seja aproveitada ao máximo, baseando o modo de consumir apenas no uso necessário de luz e evitando o desperdício energético. 

Em resumo, com a automatização de suas lâmpadas você pode controlar:

  • Cor: mudança no aspecto do ambiente com lâmpadas RGB
  • Dimerização: controle da intensidade da luz
  • Rotinas: desligamento e acendimento de luzes em horários determinados mesmo que você não esteja em casa
  • Sensores: controle de presença
 

Quer saber aplicar a iluminação automatizada em seu projeto ou casa? Entre em contato conosco!

 

15 de Agosto de 2019

Mais Notícias

© 2015 Todos os direitos reservados